O que procuras?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Qual a diferença entre 1º e 1.º?

ou


A diferença não está só no trabalho de colocar um ponto... O ponto tem um significado, cada vez mais desprezado pelos que escrevem português. E não sei se o problema é meu, mas cada vez que vejo a ausência do ponto aceleram-se as minhas batidas cardíacas... E são muitas as vezes! Praticamente sempre que vejo um cartaz, onde é necessário recorrer ao uso de abreviaturas, por uma questão de poupança de espaço. Mas antes fosse apenas nos cartazes! O mau uso das abreviaturas generalizou-se...

Naturalmente, que não sou contra o uso das abreviaturas, sou antes a favor do seu bom uso. E qualquer abreviatura tem de ser acompanhada de um ponto:
  • n.º [não *nº];
  • Dr. [não *Dr];
  • Sr. [não *Sr];
  • 2.ª feira [não *2ª feira];
  • etc. [ou seja, e outras coisas, abrev. de et cetera].
O ponto abreviativo é assim indispensável nas palavras abreviadas, significando a ausência de letras. A abreviatura de "primeiro" será 1.º. O ponto significa que o cardinal se lê "primeir", com a terminação da palavra em índice superior. Se for "primeira", será antes 1.ª, uma vez que a última letra é um -a.
Só não se usa o ponto nos símbolos. É o caso dos elementos químicos (B, símbolo químico de bário), das unidades de medida (m = metro). É o caso também do símbolo de grau. 1º = 1 grau; nunca 1º = primeiro.

POR FAVOR!!! É TÃO FÁCIL DE ENTENDER!

Saudações!

8 comentários:

Félix disse...

O pessoal gosta é de andar com o grau :P

Hugo disse...

Primeiro tenho de puxar a "brasa a minha sardinha", parece-me de muito mais importância destacar os 120 anos do primeiro de Maio, e mais uma grande jornada de luta dos trabalhadores do mundo inteiro por melhor condições de trabalho e de vida.
Ainda assim destaco o facto de os sindicatos afectos à CGTP-IN terem escrito 1.º de Maio,ao contrário dos sindicatos da UGT, os que normalmente negociam ao lado dos patrões e dos governos(quando são PS), como se pode ver na primeira fotografia:)

Ariadne disse...

Ó camarada Hugo,o tema do artigo não é sobre o 1.º de Maio, dia do trabalhador... As imagens foram só um bom exemplo para introduzir o tema... Mas tu podes sempre falar disso.

Mas concordo com o Félix. O pessoal gosta é de andar sempre com o grau, seja ele qual for. Eu cá sou mais selecta.

Mila disse...

Gostaria de saber a diferença entre usar o símbolo "1.° Fórum..." com ou sem barra embaixo? A barra é obrigatória sobre o °? Quando ela entra?

Obrigada,
Camila

Unknown disse...

Boa tarde. Gostaria de saber como seria a maneira correta de se abreviar "Segundo Cartório de Registro de Imóveis de tal cidade", por exemplo. Estaria certo "2.º C.R.I. de tal cidade"?
Obrigado.

Anónimo disse...

Na busca pela escrita correta, resta ainda um detalhe que merece nossa atenção. Sabendo que o ponto indica a supressão de letras, faz sentido a recomendação da Academia Brasileira de Letras, listada no VOLP. Assim como se faz na abreviação das palavras "primeiro" e "segundo", o ponto deveria ser usado ANTES da última letra, também nas palavras senhor, mestre, mestra e professora, pois somente as letras intermediárias estão ocultas.
Portanto, deveremos escrever S.r, M.e, M.a e prof.a (podendo as vogais serem sobrescritas após o ponto, como se faz em Primeiro (de fato, não escrevemos 1.o).
Já na abreviação da expressão latina et cetera, o ponto fica mesmo no final, pois ali estão as letras ocultas.

Jimmy Le'Roy disse...

Se o que você disse está certo, então eu gostaria de saber porque os textos legais brasileiros sempre utilizam o formato "1º" em vez de "1.º" para se referir aos parágrafos, e também aos artigos de 1º a 9º.

Anónimo disse...

Então me responda porque nem a Academia Brasileira de Letras usa o ponto? Nem o judiciário, o MEC ou qualquer outro órgão nacional quase usa?